Pensando em vender sua empresa? Saiba o que fazer!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on reddit
Share on skype

Já abriu sua empresa, aplicou as estratégias para vender diversos produtos como
motor weg 2cv, auxiliou muitas pessoas na solução de problemas. Porém, não
consegue captar a energia necessária para novas conquistas e outras empresas
estão conseguindo isso. É como se tivessem uma placa de energia solar nova e
potente.

Esse pode não ser o cenário ideal e, vendo isso, você pretende passar para um
novo ramo, totalmente diferente do que atua, como construção civil ou revenda de
desengraxante alcalino.

  • Quais os motivos te levaram a isso?
  • ·Dificuldades financeiras;
  • Aposentadoria;
  • Problemas com sócios;
  • Oportunidade lucrativa de venda;
  • Buscar outras áreas de mercado para atuar.

 

Independente de qual seja a resposta, precisa ter noção do passo a passo que deve
ser dado para efetuar um bom negócio.

Neste artigo, traremos os passos que deve tomar para realizar, com sucesso, esta
meta.

Passo a passo para uma negociação de sucesso

Sabemos que desfazer-se do trabalho de uma vida pode ser algo doloroso. Mas,
muitas vezes, é necessário para termos novos caminhos para seguir. É notório que

quanto mais tempo a empresa tiver, mais conhecida será. Então, lembre-se: seu
esforço virá em retorno financeiro até mesmo na venda se seu marca.

Separamos alguns passos que devem ser dados para ter êxito na negociação:

  1. Alinhar entre os sócios – caso a empresa tenha uma sociedade (e muitas
    têm), é prioritário avisar sobre sua intenção de venda, antes mesmo de começar
    a pensar em negociar com outros empreendedores. Seus sócios precisam estar
    de acordo com todos os pormenores, como, por exemplo, se serão vendidos
    100% da empresa ou somente algumas partes. Verifique se os próprios não
    sentem vontade de adquirir sua parte para que deem segmento.
  2. Defina o valor da empresa – de longe, este é o passo mais importante a ser
    considerado e é onde muitos empresários cometem suas falhas. É impossível
    avaliar sua empresa no “achomêtro”. Dito isso, vale utilizar recursos e
    ferramentas que outras empresas de valuation (validação de valor e coração)
    realizam aqui no Brasil. Outra técnica é o Fluxo de Caixa Descontado e
    Abordagem de Múltiplos, porém, fica a ressalva de que isso pode desvalorizar
    sua empresa, fazendo seus ganhos serem inferior ao esperado.
  3. Documentação – tendo os dados acima reunidos, está na hora de organizar
    a papelada para revenda. Os compradores vão querer documentos financeiros,
    jurídicos e outros, para poder verificar a legalidade de sua empresa.
    Será necessário separar documentos como:
    · Alvarás de licença;
    · Documentação financeira contábil;
    · Documentações jurídicas;
    · Registros. Tendo a noção dos documentos existentes, fica claro se haverá necessidade de regularização de algum. Por mais que relatórios e planilhas existam, lembre-se de que seu comprador quer comprovação sobre a fidelidade dessas planilhas.
  4. Potenciais compradores – agora está no momento de procurar potenciais
    compradores e, como já pontuamos, uma das opções já citadas são seus sócios.
    Exponha suas intenções e negocie, caso haja interesse dos mesmos. Vale testar
    os sites especializados em compra e vendas de empresas. Lembrando que,
    nesses sites, nenhuma informação sigilosa será compartilhada.


Com os passos acima descritos, você está pronto para planejar a venda de sua
empresa e abrir uma nova página no seu livro de sucesso financeiro. Esperamos ter
ajudado com essa postagem, comente e compartilhe em suas redes sociais.
Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

Keidson Designer

Keidson Designer

Designer e Criador de conteúdo, o famoso Social Media.
Keidson Designer

Keidson Designer

Designer e Criador de conteúdo, o famoso Social Media.

Você pode gostar também

Se preferir fale conosco no WhatsApp